sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Norte Araguaia abre mais de 3.500 vagas para o campo com salários que variam de R$ 1 à 3 mil/mês



3569 1011
A região do Norte Araguaia vive um grande momento de expansão econômica, e também vive um momento de desafio, pois falta mão de obra capacitada principalmente no campo. De acordo com o Presidente do Sindicato Rural de Porto Alegre do Norte Edio Brunetta que é um dos pioneiros no plantio de soja na região, a expansão das áreas de lavouras está trazendo também diversos problemas a tona entre eles a falta de mão de obra.
Édio Brunetta que foi o entrevistado desta terça-feira no Jornal Agência da Notícia falou sobre o problema e salientou que o estado está caminhado para um colapso com a falta de mão de obra. “Nós vivemos uma situação de calamidade, no Sindicato Rural de Porto Alegre do Norte por exemplo, nós dobramos os cursos profissionalizantes e de capacitação para operadores de colhedeiras, tratores, aplicadores de veneno assim como outras áreas voltadas para o campo, é preciso investir urgentemente em capacitação”, alertou Brunetta.
Ainda segundo o agropecuarista que também é engenheiro agrônomo, a região do Norte Araguaia que é tida como a última fronteira agricola do Brasil com mais de 3 milhões de hectares prontos para serem transformados em áreas para plantio,  deve aumentar em 100 mil hectares a área de plantio para a safra 2012/2013 um número que assusta em novas vagas para empregos. Segundo Édio, para cada 100 mil hectares aberto são gerados cerca de 3.500 novas vagas, entre operadores, serviços gerais, mecânicos, cozinheiras entre outras funções. “Não vai ter como expandir se não tivermos mão de obra, exemplo disso é um produtor amigo meu que comprou uma colhedeira avaliada em cerca de R$ 700 mil e a maquina não trabalhou na última safra justamente por falta de mão de obra, ele não tinha operador”, lembrou Édio.
Uma das alternativas, que inclusive esta sendo usada na fazenda do Grupo Itaquere do qual Édio Brunetta faz parte, é incluir mulheres no trabalho de campo. “Hoje os tratores, colhedeiras são todas praticamente computadorizadas, então o trabalho que antes era pesado, hoje é mais tranquilo e com isso estamos fazendo essa inclusão das mulheres no campo, e posso dizer que elas estão se saindo bem”, observou Brunetta.
Édio contou que na fazenda Piraguassu em Porto Alegre do Norte estão abertas 18 vagas para operadores com salário que podem chegar até R$ 3 mil, mesmo assim está difícil para preencher as vagas. “Os salários são relativamente bons, as condições de trabalhos são boas, mas infelizmente não estamos conseguindo preencher as vagas, isso está gerando um problema não só pra mim, mas para toda a região”, destacou.
O Mato Grosso está aumentando 12% o tamanho da área plantada, isso significa que mais vagas de empregos estão surgindo no campo, porem não há investimentos na qualificação profissional. “Nós vivemos um momento complicado, ao mesmo tempo que expandimos precisamos de gente para trabalhar que é fundamental, e é preciso ações emergenciais como cursos de capacitação para que possamos incluir novas pessoas no mercado de trabalho, estamos vivendo um momento econômico bom, tanto para o empregador quanto para o empregado. E sentimos que a falta de mão de obra especialmente aqui no Araguaia não é uma necessidade só do campo, nós precisamos de médicos, professores, contadores, administradores, vendedores, enfim precisamos de gente com qualificação para trabalhar em todos os setores”, observou Édio.
A entrevista realizada pela Jornalista Camila Nalevaiko que aconteceu durante o Jornal Agência da Notícia desta terça-feira (15), contou com a participação de diversos internautas do Norte Araguaia e está disponível em áudio e vídeo, dividida em 4 partes no portal Agência da Notícia ou nos links abaixo.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

FESTA DO DIVINO PAI ETERNO

 
O tema abordado nesta pesquisa surgiu da necessidade de colocar em evidencia uma das mais importantes festas religiosas no nosso país: A festa do Divino Pai Eterno. Esta é uma demonstração de fé, sacrifício e tradição. A mesma se revitaliza anualmente, pelos poderes milagrosos e a esperança espalhadas em meio a milhares de fiéis que acreditam que muitas dificuldades poderão ser superadas através da fé no Senhor. Tem como objetivos :Ressaltar a importância e a  influência desta devoção na vida de seus devotos ; evidenciar uma das maiores festas do centro-oeste brasileiro ; a capacidade de interagir  inúmeras pessoas das mais variadas regiões do país em único evento e demonstrar a importância da religiosidade brasileira, para a sociedade      contemporânea. A festa acontece na cidade de Trindade- GO e em outras várias regiões de todo país. Em dez dias de celebrações, A cidade não vive somente em torno da cantiga das rodas dos carros de boi e da fé, que leva milhares de pessoas a lotar as igrejas. As procissões, novenas, retiros e missas, na maioria das vezes, são partilhadas pelo consumo de cerveja e outras bebidas alcoólicas, além de festas com danças da catira, roda de violeiros, leilões bingos, bailes, sanfoneiros e torneiros de truco.



A FESTA DO DIVINO PAI ETERNO

Uma das principais manifestações religiosas do país, a festa do Divino Pai Eterno, em Trindade, acontece a cada ano, no primeiro Domingo do mês de julho, trata-se da maior romaria do Centro-Oeste, reúne anualmente mais de 1 milhão de pessoas numa das maiores celebrações católicas do País na cidade de Trindade.
Martins (2007), cidade de Trindade, com pouco mais de 100 mil habitantes, se localiza na região metropolitana de Goiânia. A capital e a cidade são interligadas pela Rodovia dos Romeiros, com percurso de 18 quilômetros, que os romeiros percorrem a pé e em fila. O caminho é decorado por painéis representado as estações da Via Sacra, a Paixão de Cristo.
A cidade de Trindade tornou-se um centro religioso tornou-se centro religioso em 1840. foi quando um casal, Constantino e Ana Rosa Xavier que trabalhava na lavoura, quando roçavam o pasto ao lado de um córrego encontrou um medalhão de barro, um medalhão de barro que representava a Santíssima Trindade coroando a Virgem Maria.
Constantino e seus familiares começaram a rezar o terço diante do medalhão, e logo foi erguida uma capelinha coberta com folhas de buriti. A historia de amor, iniciada no dia que o casal encontrou o medalhão, vem florescendo a cada ano. Atraindo cada vez mais uma multidão de devotos para contemplar o mistério de Deus no Santuário do Divino Pai Eterno deixando o amor de Deus permear suas vidas, renovando a fé e a alegria de pertencer à igreja, comunidade dos filhos e filhas do Divino Pai Eterno.
A fé crescente do povo, o crescimento do numero de romeiros, moveu-nos a construir o grande Santuário do Divino Pai Eterno no alto da montanha, hoje visto por todas as pessoas que se aproximam desta cidade. No Santuário do Divino Pai Eterno, sendo agora um templo próprio para acolher os romeiros, desvinculado das atividades paroquiais, podemos então desenvolver uma pastoral própria para os devotos e peregrinos.
Em dez dias de celebração, procissões, novenas e missas dividem espaço com festas com danças da catira, roda de violeiros, bailes e bingo.

DEVOÇÃO AO PAI ETERNO

A devoção ao Divino Pai Eterno teve inicio por volta de 1840, com o casal de agricultores Constantino Xavier Maria e Ana Rosa de Oliveira, que vieram se estabelecer nas proximidades do Córrego do Barro Preto, distante aproximadamente vinte dois quilômetros do município de Campininhas das Flores. Constantino, um homem muito religioso e neste ponto apoiado pela esposa, começou a trabalhar na terra para plantação. Certo dia enquanto lidavam no campo a enxada tocou algo rígido que não era pedra. Ao conferir notaram se um medalhão belíssimo de barro, com tamanho em torno de meio palmo de circunferência onde estava representada a Santíssima Trindade coroando a Virgem Maria. Eles beijaram o medalhão sagrado e o levaram para casa. Esse achado marcou a historia da fé crista em Goiás, região Centro Oeste do Brasil. Constantino e seus familiares começaram a rezar diante do medalhão encontrado. A noticia se espalhou e aos poucos outros moradores locais passaram a rezar junto a Santíssima Trindade.









Foto 01 – Devoção diante do Altar: Genivânia, Valdivino,Genecí,Macalé e Kleiton. Fonte:Arquivo da Família Barbosa em Aragarças-GO.

O número de devotos foi crescendo e a casa de Constantino já não comportava tanta gente. Em 1843 foi criada uma capela de folhas de buriti, mas a multidão que lá ia, para pedir ou agradecer os milagres aumentou admiravelmente. Com necessidade de construir uma nova capela, Constantino encomenda uma réplica da figura encontrada no medalhão, em tamanho maior e esculpida em madeira, ao artista plástico Veiga Valle, que morava em Pirinópolis – GO. A imagem feita pelo famoso artista pode ser vista hoje onde é situado o Santuário Velho. A confecção da imagem a partir do medalhão não alterou a fé dos devotos e nem diminuíram os milagres e graças por eles recebidas.
                                Foto 02: Imagem. Fonte:Arquivo da Família Barbosa








A representação artística das três pessoas divinas, Pai, Filho e Espírito Santo se caracterizam pela imagem do Pai, mais velho, lembrando Deus Pai; do Filho, mais jovem, insinuando Sua presença no tempo; do Espírito Santo, em forma de pomba como narra o Evangelho na cena do Batismo de Jesus. Sua proximidade lembra a unidade: as Três Figuras, a Trindade; Deus.

Carros de Boi
Um dos pontos altos da Festa do Divino Pai Eterno é a entrada de mais de 300 carreiros, vindos de diversas cidades do interior do Estado de Goiás, que participam do tradicional desfile de carros de boi. Os primeiros romeiros, que vieram a Trindade no Século XIX, chegaram de carro de boi.
A cidade não vive somente em torno da cantiga das rodas dos carros de boi e da fé, que leva molhares de pessoas a lotar as igrejas. As procissões, novenas, retiros e missas, na maioria das vezes, são partilhadas pelo consumo de cerveja e outras bebidas alcoólicas, além de festas com danças da catira, roda de violeiros, leilões bingos, bailes, sanfoneiros e torneiros de truco.

SURGIMENTO DO SANTUÁRIO

Silva (1997); em 1943 o arcebispo de Goiás, D. Emanuel Gomes de Oliveira, comemorou com os romeiros o Centenário da Romaria de Trindade, ocasião em que, para marcar o evento, fez o lançamento da pedra fundamental do atual Santuário Novo. Em 1955, apesar de todos os esforços, a obra ainda não havia saído dos alicerces. Com a criação e a instalação da Arquidiocese de Goiânia, em 1957, Dom Fernando Gomes dos Santos foi escolhido como primeiro arcebispo. Ele apresentou o projeto para construção do Santuário. A partir de 1974, já era possível a realização da novena e festa do Divino Pai Eterno no local. Mas só em 1994, iniciou-se a reforma do prédio, no intuito de possibilitar a ele a dignidade de ser chamado de Santuário do Divino Pai Eterno. Atualmente, o templo está ornamentado por 59 vitrais coloridos, além de outros 17 instalados na cúpula sobre o altar. Com todo o piso revestido por granito, possui ainda; uma secretaria, sacristia, copa, sala para os ministros da eucaristia e atendimento vocacional. No subsolo, existem três capelas, além de 20 confessionários, a sala dos milagres e os banheiros. A praça em torno do Santuário foi totalmente revitalizada, uma rampa foi construída para facilitar o acesso de pessoas com necessidades especiais e automóveis até a porta principal do templo. No ano de 2006, mas precisamente em 18 de novembro, o Santuário do Divino Pai Eterno recebeu de Roma o titulo de Basílica Menor, que é um privilegio. Com isso se iniciou uma nova fase de compromisso, de renovado empenho para que a Basílica continue sendo um lugar de culto divino e expressão sincera da fé e devoção. A ultima conquista do agora Santuário Basílica do Divino Pai Eterno foi a transmissão das celebrações ao vivo, pela rede local de televisão, TV Brasil Central – TBC, aos domingos, e na Rede Vida – Canal da Família as terças, quintas e sábados.









Foto 03 – Santuário Novo. Fonte:Arquivo da Família Barbosa

AFIPE
A Associação Filhos do Pai Eterno – AFIPE nasceu a partir do desejo do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno de congregar a maior numero possível de fiéis católicos e devotos do Divino Pai Eterno, com a finalidade de proporcionar auxilio na vivencia da fé, e a partir deles, propagar esta devoção a todos os que amam a Deus. A AFIPE iniciou sua ação em maio de dois mil e quatro. A experiência deu certo e a associação cresceu. Tem hoje sede própria com espaço adequado para execução dos trabalhos e acolhimentos aos fieis associados, com equipe de funcionários prontos para entender os romeiros e romeiras que vem ao santuário.
Os trabalhos desenvolvidos pela AFIPE tem colocado para o amadurecimento e vivencia da fé de milhares de famílias que ser renovam no compromisso pessoal, comunitário e principalmente na vida pratica crista. As doações recebidas são voltadas para projetos pastorais do santuário, de maneira especial a evangelização por meio da televisão. Através de campanhas realizadas em Festas do Divino Pai Eterno, foi possível montar uma estrutura televisiva onde são transmitidas ao vivo as celebrações no Santuário Basílica do Divino Pai Eterno. Além disso, a associação promove ações sociais tais como: creches, atendimento a famílias carentes e, também melhorias na estrutura física do santuário para melhor acolher cada fiel que à casa do Pai recorre.
A missão e a visão  da AFIPE é promover a evangelização alem-fronteiras a partir do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno criando a convicção de que somos filhos do Pai Eterno. Evangelizar e conscientizar as pessoas da importância de divulgar a devoção ao Pai Eterno, através do Santuário Basílica de Trindade para todo o Brasil, fazendo com que todos descubram essa maneira de ser e viver como filhos do Pai Eterno.
Os objetivos da AFIPE são: Acolher os romeiros que visitam o Santuário Basílica em Trindade; promoção da devoção ao Divino Pai Eterno e diversas obras do Santuário a partir da consciência de que todos somos filhos e filhas do Pai Eterno ; orientação e incentivo a peregrinação ; comunicação direta a distancia com o devoto, fortalecendo sua fé como alimento espiritual.

OS REDENTORISTAS

Por volta de 1891, o bispo de Goiás, Dom Eduardo Duarte da Silva, solicitou o auxilio dos missionários da Congregação do Santíssimo Redentor, através do seu superior na época. Eles chegaram a região em 12 de dezembro de 1894, dia de Nossa Senhora de Guadalupe, fixaram residência em Campininhas das Flores. Em 29 de Maio de 1895 aconteceu a entrada oficial dos Missionários Redentoristas em Barro Preto. So em 1924 os religiosos passaram a ter residência fixa em Trindade – GO. A presença dos Missionários Redentoristas, padres e irmãos, no espírito Santo Afonso de Ligório, aos poucos transformaram a fisionomia das Romarias. Inserindo um processo de educação na fé dos fieis, criando novas comunidades, auxiliando na organização eclesial da Diocese, criando novas paróquias e atendendo sem medir esforços todo o povo de Deus, sem se importar com a distancia.
Nos dias atuais, os Missionários Redentoristas administram a paróquia composta por quarenta comunidades. De maneira especial cuidam do Santuário Velho onde anunciam o Evangelho a milhares de fieis que por ali passam. Atendem confissões, realizam batizados e acolhem as diversas pessoas que procuram auxilio.

Santuário na TV
O santuário na TV foi uma conquista de todos os fieis e associados da Associação Filhos do Pai Eterno – AFIPE. Por meio de campanhas conseguimos montar a estrutura completa de uma emissora de TV, com equipe de jornalismo, produção e edição. Estamos prontos para evangelizar através de meios de comunicação. Nosso grande sonho vai aos poucos tornando realidade, ou seja, levar até você que não tem condições de estar sempre presente no santuário as nossas eucaristias, a fim de que você participe e fortaleça sua fé e esperança.

Sala dos Milagres
A sala dos milagres é um amplo e bem organizado espaço no subsolo do Santuário. Sendo um dos lugares mais visitados pelos peregrinos, ali são conservadas objetos ex-votos, fotografias, quadros, esculturas, instrumentos de trabalho, instrumentos musicais, roupas e pertences pessoais de pessoas que, tendo recebido uma graça especial do Divino Pai Eterno, desejam que outras pessoas possam ver e testemunhar como Deus é bom! Cada objeto representa gratidão de alguém que foi atendido em suas preces e ao deixar uma lembrança da graça recebida está perpetuando no Santuário a memória de sua gratidão.
Essa forma de expressão de fé iniciou-se há varias décadas quando o novo Santuário ainda estava em construção. Anteriormente a Sala dos Milagres tinha sede em uma casa perto do Santuário Velho e era zelada pelo Pe Leodônio Marques. Posteriormente passou para o Santuário velho e com a construção do novo Santuário, foi tudo transferido. Com a reforma, a sala dos milagres ganhou um espaço amplo, estruturado para acolher todos os objetos trazido pelos romeiros do Divino Pai Eterno, em ação de graças.









Foto 04 – Fita dos Milagres: Genecí e seu neto Lucas em visita a Trindade – GO.
   Fonte: Arquivo da Família Barbosa

Milagres
Fato muito contado entre os romeiros do Divino Pai Eterno. Em 01 de fevereiro de 1914, homens de Goiabeiras(atual cidade de inhumas-Goiás) foram caçar uma onça que lhes tinha dado grande prejuízo. Um dos senhores, Jerônimo Martins Borges, atirou no animal feroz, mas para sua infelicidade, não conseguiu acertá-lo . A onça furiosa, lançou-se sobre o seu perseguidor. Jerônimo ficou debaixo da fera que o maltratava horrivelmente. Neste perigo, invocou o Divino Pai Eterno prometendo um de seus melhores bois  se conseguisse se salvar daquela situação de morte. Ele testemunha que a onça olhou para cima e o abandonou imediatamente, nunca  mais sendo vista. E o sr. Jerônimo cumpriu sua promessa em gratidão ao Pai Eterno.
É certo que Trindade é considerada a capital da Fé, más o senhor também se faz presente em várias outras regiões,  sempre está  muito presente no meio do povo, revelando-se com grande poder e autoridade. Na cidade de Aragarças, a família de  Geneci  Daniel de Sousa Barboza  e Valdivino Pereira Barboza  também foram  agraciados com a benção do Divino Pai Eterno .Sua filha, Genivânia  Sousa Barboza,  de apenas 11 meses  de vida ficou muito doente,   praticamente desenganada  pelos  médicos, foi quando o casal fez  um voto com o Divino Pai Eterno  e à partir daquele momento a criança  melhorou rapidamente. Começou-se, então, a comemoração festiva  que culmina sempre no mês de Julho , na sua própria residência, uma Festa ao Divino Pai Eterno como forma de agradecimento pela benção, já há à  20 anos.


   







Foto 05   - Objetos deixados pelos devotos após receberem a benção. Fonte:Arquivo da Família Barbosa


CENTRO SOCIAL PAI ETERNO SONHO QUE SE REALIZA A CADA DIA

O Centro Social Pai Eterno (CESPE), é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que atende mais de 130 crianças e adolescentes de três a doze anos. Ele iniciou as atividades em janeiro de 2003, com apoio da Congregação do Santíssimo Redentor de Goiás, juntamente com o Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, que tiveram o intuito de promover uma educação que resgatasse, na criança e no adolescente, os valores da dignidade humana. A instituição situada na cidade de Trindade funciona em tempo integral de segunda à sexta-feira. Oferecendo aos atendidos alimentação completa, incluindo, café da manha, almoço, lanche e jantar. As crianças e adolescentes durante todo o dia participam de diversas atividades promovidas para o crescimento humano, educacional, social e religioso, tais como: artesanato, atividade lúdico-pedagógicas (teatro, dança, futebol), celebrações festivas e encontros de formação religiosa.
Mas o CESPE quer fazer ainda mais pelas pessoas atendidas por ele. “temos o objetivo de implantar cursos profissionalizantes para os adolescentes para dar a eles condições de lutar por uma vaga de emprego no mercado de trabalho”, explica o diretor do Centro Social, Padre Marco Aurélio Martins da Silva, missionário redentorista.
O CESPE ainda tem vários projetos para melhorar o atendimento das crianças e adolescentes. Você que participar educação dessas pessoas pode aderir à campanha “Apadrinhe uma criança”.









Primeiramente, agradeço a Deus por ter me dado a oportunidade de viver até conseguir realizar o meu sonho: ir para a faculdade.
Ao meu anjo da guarda que sempre está ao meu lado, que me incentiva e me inspira com pensamentos positivos. Ao Governo Federal Luis Inácio Lula da Silva pela implantação do Programa Prouni o qual fui beneficiada com uma bolsa Integral.
Meus agradecimentos especiais a:
Iasmim Barreira Chinali e Kamila Loyane Barreira, minhas filhas, pela compreensão e colaboração nos momentos que me faço ausente nas horas de estudo.
Daniel de Souza Barbosa, meu namorado, pela grande força e compreensão nos momentos mais difíceis que passei e passo.
Genecí de Sousa Barbosa e toda sua família pelos esclarecimentos sobre o assunto, pelas entrevistas e também pelas fotografias.
Para vocês, ofereço esta página...
Que os versos do dia-a-dia formem os mais belos poemas da poesia da vida...
Muito obrigada a todos!

Oreni Barreira


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MARTINS, Hélio. Trindade a capital da fé: povo simples renova sua fé na casa do Pai Eterno. Disponível em http://www.arquidiocesedegoiania.com.br acesso em 17 de mar 2007.

SILVA, Antonio Gomes da. Divino Pai Eterno e o Santuário de Trindade. Brasília: Centro de Pastoral Popular, 2005

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

2ª Semana Pedagógica da Escola Waldir Bento da Costa


Está acontecendo nas dependências da Escola Estadual Waldir Bento da Costa em Veranópolis; a 2ª Semana Pedagógica; sob a direção do diretor Domingos de Matos Rodrigues , Coordenadora Ilciene Pereira da Silva Leão e Professora formadora do Cefapro Maria de Lurdes.

sábado, 12 de novembro de 2011

Ônibus do Escolar a caminho da Escola em Veranopolis

A mais de 30 dias, sem circular na via que liga o setor Sossego a Veranópolis, o ônibus do Escolar, conseguiu fazer a travessia em segurança pelo bueiro, Após dois dias de paralização, as obras foram retomadas na data de ontem 11 de novembro, e para surpresa da comunidade, a equipe de obras conseguiu concluir o bueiro : Retiraram todo o barro do córrego e as madeiras podres que estava debaixo do barro. No lugar do barro foram colocadas fortes rochas que deverá resistir muitas décadas ! A maior supresa para os moradores foi a inicialização do patrolamento e encascalhamento da estrada , ainda ontem. A equipe de obras, afirmou que irão patrolar e encascalhar toda a estrada, inclusive a do Pica-pau . Coincidência , ou não, tudo isto foi feito apenas dois dias após a postagem da matéria na Internet e na data da rota da integração do governador Silval Barbosa, que parou em Veranópolis, oportunidade esta, que recebeu uma cópia da matéria . Após a leitura da mesma o governador anunciou" Vamos solucionar o problema das estradas, toda criança tem o direito ao caminho da escola ! Lugar de Criança é na Escola" ! O fato é que a partir desta segunda feira dia 14 de novembro , as crianças chegarão à escola pela rota principal que liga o setor sossego as escolas municipal e Estadual. A comunidade do sossego torce para que as obras sejam realmente concluídas e não fique só na promessa!

Notas: as imagens estarão disponíveis dia 14/11/2011.



quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Crianças ficam sem frequentar a escola em Veranópolis do Araguaia - MT









Crianças ficam sem frequentar escola por falta de estradas e pontes , em Veranópolis do Araguaia , distrito de CONFRESA-MT

Alunos da rede municipal e da rede estadual da Educação Básica de Ensino ficam sem frequentar as aula em Veranópolis, distrito de CONFRESA-MT. O motivo é a precariedade nas redes de transporte do município.

No Trecho da estrada que liga o setor Sossego a Veranópolis, sede das escolas Municipal e Estadual; o ônibus escolar estar parado, sem nenhuma possibilidade de chegar até as escolas. O mesmo não circula por esta via há mais de 30 dias, pela falta de ponte que estava quebrada desde o mês de Julho de 2011. Até o dia 03 de Novembro , o ônibus conseguia chegar nas escolas fazendo um trajeto inverso pela estrada do Pica-Pau; no entanto outra ponte que liga o setor Sossego ao setor Pica-Pau, também quebrou no último dia 04 . Com isto, o ônibus está paralisado e os alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio, estão sem freqüentar as escolas.
As crianças e adolescentes que se arriscam atravessar o trecho a pé ficam expostas a fortes chuvas, lamaçais, atoleiros e pregos pregado nas tábuas que foram colocadas por moradores locais para auxiliar na atravessia.


Embora a ponte esteja quebrada desde o mês de Julho , as obras só iniciaram na segunda quinzena de setembro, após as primeiras chuvas! Os moradores afirmam que mesmo havendo cinco dias consecutivos ensolarados as obras ficaram paralisadas; só retornando as atividades no último dia 08 de Novembro; dia chuvoso!

O prejuízo para os moradores não afetam apenas o setor da educação, más também deixam marcas no setor econômico da região. A maioria dos moradores já pararam de transportar o leite, sua principal fonte de renda da região. Outros, se aventuram a transportar o leite no ombro .

A comunidade do setor Sossego, clama por redes de transportes. Segundo os moradores, esta estrada está sem manutenção a mais de 10 anos!

Clique em http://www.youtube.com/watch?v=470RQHE9Frw e assista o vídeo.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010